]

Fábrica de Ração: Como definir o preço do seu produto final?

Não sabe como calcular preço de venda de um ração? Antes de determinar o seu preço, é preciso analisar as despesas da empresa e o mercado da pecuária! Entenda:
por Tiago Debortoli - 19/12

Um dos pontos principais para garantir os resultados financeiros sustentáveis para as fábricas é a precificação das rações. Mais de 75% dos custos são compostos pelas matérias primas envolvendo milho, soja, sorgo etc.

O registro correto dos gastos realizados na compra de matéria prima, mão de obra, frete, despesas administrativas e outros gastos da fábrica são fundamentais.

É preciso ter uma base de dados confiável e acessível para que se possa tratá-la, transformando em conhecimento para a tomada de decisão dos gestores da fábrica de rações.

Noções de Gestão Financeira na Precificação

É muito comum mensurar custos fixos e/ou variáveis apenas multiplicando-se por determinados fatores, sem qualquer avaliação prévia ou mesmo embasados em parâmetros coerentes.

Essa prática é um risco para o negócio, pois se podem cometer graves distorções de resultados além de fazer com que o gestor tome ações fundamentadas em dados que não refletem a realidade, piorando os resultados do negócio e comprometendo sua sustentabilidade.

fábrica de ração

Indicadores

Os indicadores são usados para o monitoramento das atividades das fábricas em geral, incluindo as fábricas de ração animal. Isto significa coletar informações relevantes e disponibilizá-las para que os gestores estudem e tomem as decisões corretas.

Uma boa forma de começar a tratar desses indicadores para tomar decisões que vão trazer resultados positivos para a fábrica, é estabelecendo um ponto de equilíbrio! Ele representa o volume mínimo de venda que precisa ser realizado mensalmente para gerar receitas suficientes para pagar tudo da fábrica

A qualidade do apontamento dos dados do dia a dia da fábrica, desde a compra, estoques, produção e vendas até ao nível gerencial que irão garantir melhores informações no processo de precificação dos produtos de uma fábrica.

Com os dados em mãos, são necessárias ferramentas de qualidade que irão transformar toda essa informação em conhecimento para tomada de decisão do gestor, que é o responsável por todos os resultados do processo de produção e comercialização, que inclui a precificação.

Vamos dar preços?

Dando o preço baseado em custos

Essa é a forma mais indicada de fazer precificação, nela preço do produto é composto pelos gastos variáveis e gastos fixos adicionando o retorno desejado do gestor sobre o volume esperado de vendas.

Para fazer esse cálculo e chegar ao preço de forma bem simplificada, você deve saber o custo da mercadoria vendida, os impostos sobre a venda, o custo fixo (aluguel, salários, energia e por aí vai), além do lucro que deseja obter.

A fórmula é a seguinte: 100 / [100 – (despesas variáveis + despesas fixas + lucro)]. Mas calma, porque um exemplo bem simples vai deixar essa conta mais clara para você, ok?

Vamos supor que você venda um saco de ração que custou 200 reais. Nesse exemplo, digamos que suas despesas variáveis sejam de 10%, as fixas também de 10% e o lucro que você deseja obter, de 20%. Nesse caso, a conta fica assim: 100 / [100 – (10 + 10 + 20)] = 1,666.

Com o índice em mãos, você já pode calcular o preço de venda do seu produto. Para tanto, basta multiplicá-lo pelo custo do sapato: 200 x 1,666. O ideal, portanto, é que esse sapato seja vendido a pelo menos 333,20 reais para que você obtenha os 20% de lucro pretendidos.

Ferramenta de Precificação utilizada pelos consultores da PRODAP

Ferramenta de Precificação utilizada pelos consultores da PRODAP

 

O grande desafio desse modelo de precificação é a exigência de um refinado controle de todos os gastos da fábrica, todavia esse modelo proporciona maior confiabilidade na definição do preço dos produtos da fábrica, contribuindo para geração de resultados sustentáveis do negócio.

Agora que você já sabe como calcular da melhor forma possível o seu produto final, tem mais alguns pontos que você deve considerar:

Análise do Mercado

É importante fazer o acompanhamento dos preços de mercado, sempre que necessário, para balizar o preço dos seus produtos. A verdade é que nenhuma estratégia de precificação pronta o ajudará a cobrar o preço correto por seus produtos se você não for capaz de fazer uma análise da concorrência.

Se seu preço de venda for muito maior que o do concorrente, você deve checar se há problemas em relação aos seus custos de compra e de operação. Agora, se estiver muito abaixo, você tem a chance de aumentar sua margem de lucro ou abrir franca competitividade no segmento.

A comparação é fundamental para descobrir seu diferencial e apresentá-lo ao mercado de acordo com os valores da sua marca em relação às demais. Podem existir diversoso fatores que irão justificar o fato da sua ração ser mais cara ou mais barata em relação às outras disponíveis.

Valor para o cliente:

Outro conceito que deve ser bem definido por você ao calcular preço de venda é o valor do produto para o cliente. A percepção de valor do produto sob a visão do consumidor é a variável mais complexa de quantificar.

Para definir a percepção de valor deve-se analisar que o preço do produto pode transmitir aos clientes uma ideia de valor que não está diretamente ligado ao preço que ele custa. Há várias maneiras de se fazer isso; apresentamos algumas dicas que podem te ajudar:

Vale lembrar que pra gerar valor para o cliente, antes de tudo você tem que garantir a qualidade do seu produto. Uma boa forma de garantir qualidade é através de indicadores de gestão na fábrica de ração, você já aplica algum?

  • Produtos exclusivos e experiência do consumidor – Saiba comercializar produtos de qualidade que não são encontrados nos concorrentes. Isso ajuda a construir uma noção de diferenciação da fábrica e dos produtos;

  • Comunicação e Transparência - É extremamente importante que o seu consumidor saiba que pode confiar no seu produto! É claro que durante o relacionamento comercial irão existir algumas falhas mas o importante é fazer com que seu cliente entenda que você está ali para soluciona-las!

  • Comodidade – Alguns produtos têm mais valor em um momento de urgência e necessidade. Conheça bem seu consumidor, quando sua marca cria valor, o cliente esquece do preço!

A noção de valor para o cliente é algo bem subjetivo, mas boas ideias trazem grandes lucros para sua empresa. Por isso, conheça seus clientes e exercite o olhar sob essa perspectiva.

A PRODAP acredita que o melhor caminho para gerar resultados financeiros sustentáveis para as fábricas de ração é unir a estratégia de excelência operacional aos processos comerciais, à produção fabril e à logística eficiente.

A Solução Total Prodap  visa atender às fábricas de ração, tanto individuais como integradas, com o objetivo de melhorar a produtividade e qualidade do leite, otimizar a gestão e reduzir o custo de produção, o que gera valor para todos os elos da cadeia. 

Sobre Tiago Debortoli

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se em nossa newsletter