Tripanossomose bovina: 6 dicas para o controle e prevenção!

Veja como manter o seu rebanho longe da Tripanossomose bovina com 6 dicas práticas para o controle e prevenção desta doença.
por Thais Camargos em 12/Feb/2021

A tripanossomose bovina, ou tripanossomíase bovina, é uma doença causada por um protozoário, o Trypanosoma vivax

Em todo o Brasil, o acometimento de rebanhos de leite e de corte por esta enfermidade vem crescendo de maneira alarmante.

Por isso, fique atento a estas 6 dicas para o controle e prevenção da Tripanossomose bovina!

Temos um texto completo no nosso blog com tudo o que você precisa saber sobre a tripanossomose bovina, confira!

tripanossomose bovina

1- Desinfecção de agulhas

Utilize mais agulhas do que você precisa para fazer a vacinação. 

Ao vacinar um animal, coloque a agulha por um minuto em solução de álcool 70% ou clorexidine 1%. 

É importante respeitar o tempo de ação do produto e enxaguar o material desinfetante.

Confira outras dicas de desinfecção de agulhas e seringas baixando o material:

boas praticas no uso de seringas

2- Controle de vetores

Normalmente, as instalações dos animais são ambientes ricos em umidade e matéria orgânica, fatores importantes para a manutenção do ciclo das moscas.

Por isso é importante adotar medidas como remoção das fezes, construção de uma esterqueira, uso concomitante de armadilhas para as moscas, entre outras ações.

vacas em ambiente sujo

3- Controle de helmintos e de carrapatos 

O uso de endectocidas para reduzir as infestações por estes parasitas é muito útil, pois assim reduz-se a probabilidade de contaminação por outras doenças e também a espoliação sanguínea.

carrapato de boi

4- Monitoramento do rebanho

Animais doentes, anêmicos, apáticos e que apresentam problemas reprodutivos já nos indicam que algo está errado e chamam a atenção para algum problema sanitário existente na fazenda.

vaca com tripanossomose

5- Dosagem correta do medicamento

Nos casos de tratamento é imprescindível usar doses corretas para evitar resistência.

6- O melhor tratamento é a prevenção

Dê preferência para animais de reposição do próprio rebanho ou de fazendas com um rigoroso controle sanitário para evitar a introdução do Trypanosoma vivax na fazenda.

 Agende uma conversa com um dos nossos consultores e saiba como o trabalho de consultoria da Prodap pode te ajudar!

Sobre Thais Camargos

Médica Veterinária graduada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente trabalha como Consultora de Sucesso do Cliente na Cadeia do Leite. Acredita na digitalização como uma maneira de transformar muitas histórias pelo Brasil. 

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se em nossa newsletter