Como medir o sucesso da IATF em uma fazenda de corte? Conheça 08 indicadores

Indicadores como o escore corporal, manejo nutricional e manifestação de estro influenciam diretamente no resultado da técnica. Saiba como medir o sucesso da IATF na sua fazenda!
por João Vitor Fernandes em 07/Apr/2021

A reprodução é um pilar estratégico para a pecuária de corte, sendo necessário grande investimento no manejo reprodutivo, com o objetivo de aumentar a produtividade das fazendas.

Nesse sentido, a biotécnica de Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF), vem ganhando espaço por ser simples de ser aplicada e ter um grande retorno financeiro.

Porém, como fazer a medição do sucesso da IATF em sua fazenda? Para obter bons resultados com esse manejo você e sua equipe precisam ficar atentos a alguns indicadores que podem atrapalhar e diminuir a taxa de prenhez das vacas do seu rebanho.

Neste artigo, vamos te mostrar quais são estes indicadores e como eles afetam o sucesso da IATF em sua fazenda!

iatf nelore

Quais são as vantagens da IATF

A Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) foi criada para solucionar problemas encontrados na Inseminação Artificial convencional.

Com essa técnica é possível encontrar erros e falhas de observação de CIOs e o não alcance de fêmeas pela técnica convencional.

Saiba mais: veja o que é, como funciona e se vale a pena a IATF em bovinos!

Entre as suas várias vantagens estão:

  • Aumento do índice de prenhez 
  • Padronização do rebanho
  • Concentração de partos na época adequada e bezerros mais pesados
  • Utilização de raças industriais 
  • Utilização de sêmen sexado

 Indicadores e como medir o sucesso da IATF

São inúmeras as vantagens de utilizar essa técnica, contudo, alguns indicadores precisam ser observados para garantir o sucesso da técnica.

Vamos entender quais são eles? 

1- Escore de condição corporal (ECC)

O índice ECC tem como finalidade mostrar a condição nutricional de cada fêmea do rebanho.

Ele incide sobre o sucesso da IATF, pois animais que entram em reprodução com escore corporal baixo têm maior dificuldade de emprenhar.

Portanto, para estabelecer o ECC deve-se avaliar a região da costela, dorso, inserção da cauda e ossos da garupa. As notas para esse índice vão 1,0 (desnutrição) à 5,0 (obesidade).

 escore de condição corporal

2- Manejo nutricional e sanitário

Completando o índice anterior, é preciso avaliar e corrigir, se preciso, o manejo nutricional e sanitário da sua fazenda para garantir as melhores condições de saúde para o seu rebanho de corte.

Estas adaptações devem ser feitas antes do programa de inseminação começar, afinal, vacas com baixa nutrição e condições sanitárias ruins não conseguirão atingir índices de prenhez satisfatórios.

3- Categoria animal

É comum que vacas multíparas — que já tiveram mais um parto — consigam ter resultados melhores de concepção após a IATF, mesmo com uma pequena redução do ECC.

Do outro lado, animais primíparas — primeira cria —, apresentam queda brusca na taxa de prenhez com a redução da condição corporal.

Isso acontece porque as vacas primíparas ainda não atingiram o peso adulto e precisam de reservas para continuar crescendo, nutrir o bezerro e ainda manter o sistema reprodutivo em funcionamento.

tabela

4- Como medir o sucesso da IATF: efeito touro

O semêm utilizado na IATF interfere diretamente no resultado da inseminação.

Alguns animais conseguem entregar elevadas taxas de prenhez, quando comparados com outros com a mesma qualidade de material.

Portanto, é preciso ficar atento ao sêmem que a sua fazenda está utilizando, Algumas centrais já possuem identificação dos animais superiores e que conseguem maiores índices de prenhez.

5- Qualidade do inseminador

Contrar com bons profissionais é fundamental para todas as áreas da sua fazenda, contudo, para o sucesso da IATF, o profissional inseminador pode fazer a diferença.

Nesse sentido, o ideal é avaliar os resultados por inseminador e promover treinamentos, capacitações e reciclagens para aprimoramento da técnica.

6- Manifestação de Estro

Os protocolos da IATF induzem a ovulação e a ciclicidade nas vacas em anestro, contudo, estudos apontam que fêmeas que não entram no CIO entre a retirada do equipamento de progesterona e a realização da técnica, apresentam taxa de concepção menor.

Por isso, o ideal é ter o maior número de animais no ciclo para início do programa, para garantir o sucesso da IATF em sua fazenda.

nelore com cria

7- Conhecimento do rebanho

Este é um índice que envolve o dia a dia da produção de sua fazenda.

Para saber como medir o sucesso da IATF e melhorar os resultados é preciso conhecer bem o rebanho e identificar aqueles animais que dão mais trabalho — dominantes de lote.

Ao identificar esses animais, é necessário separá-los do restante do lote para que eles sejam trabalhados ao final do processo. Isso porque, a presença dessas vacas no grupo aumenta a produção de feromônio e deixa a condução dos animais para o local de coleta.

8- Equipamento de contenção

Outro índice que mede o sucesso da IATF em sua fazenda é a qualidade e a conservação do equipamento de contenção.

É necessário que ele esteja limpo e com o certificado de manutenção em dia.

Além disso, é necessário checar todos os itens do curral para verificar se não há nada solto ou frouxo.

Quanto à aplicação, é importante que a fêmea seja contida na primeira pescoceira, para facilitar o alcance da cérvix de fêmeas com mais idade e várias crias.

Para a medição de todos esses indicadores é fundamental contar com a ajuda de um sistema de gestão de fazendas de corte.

Com o Prodap Views você consegue acompanhar todos os processo relacionados a IATF dentro da sua fazenda, identificando os motivos que interferem na sua taxa de sucesso de prenhez e, assim, consiga organizar de forma rápida e eficiente para que no próximo cio, os animais consigam ter melhores resultados.

Quer conhecer mais sobre a nossa solução? Fale com um de nossos especialistas e comece a otimizar os resultados da sua fazenda.

 

Sobre João Vitor Fernandes

Jornalista e pós-graduando em marketing digital, gestão e negócios.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se em nossa newsletter