Agentes da transformação: talentos da indústria - Lari Amaral e Mari Ferreira

Não é novidade para ninguém que a Prodap é feita de pessoas, e que cada uma delas tem um papel único de transformar a nossa empresa em um lugar melhor para se trabalhar e evoluir no âmbito profissional e pessoal.
por Eduarda Padrão - 21/10

Não é novidade para ninguém que a Prodap é feita de pessoas, e que cada uma delas tem um papel único de transformar a nossa empresa em um lugar melhor para se trabalhar e evoluir no âmbito profissional e pessoal. Prova disso são os nossos talentos da indústria.

Há algum tempo atrás, falamos aqui sobre a Pri, nossa coordenadora de sistema de gestão integrada, que está há mais de 20 anos na Prodap, cuida de todos os processos de qualidade da nossa indústria e, principalmente, dos nossos talentos que lá trabalham.

Larissa e Mariana

Conheça Larissa do Amaral

Com cerca de 6 anos de empresa, a Lari, hoje, é nossa assistente de SGI, mas não foi assim que a história dela começou conosco.

Moradora do bairro próximo à indústria de Santa Luzia, ela fez o processo de menor aprendiz pela Cruz Vermelha (após um curso de 2 semanas, os menores são encaminhados para a entrevista) e conseguiu participar - e passar - da seleção da Prodap em dezembro de 2015.

Todo aprendiz tem contrato de 1 ano e 3 meses, mas com 1 ano de contratada, a Priscilla convidou a Lari para participar de um processo seletivo para auxiliar de qualidade lá mesmo. E, claro, ela passou! Na época, a Lari ainda era menor de idade e foi necessário entender como seria possível contratá-la. Mas deu tudo certo, e a sua história na Prodap, que já é longa, ainda está só no começo.

Confira só o que ela falou sobre essa experiência:

“Bom, aos 17 anos ser contratada na primeira empresa que trabalhei na vida, na qual trazia uma qualidade de vida me deixou confiante. Pensava 'sou capaz de tudo, né?'. Brinco que a Prodap me moldou, pois nunca tinha trabalhado de carteira assinada e não sabia como me portar numa empresa e o que fazer. Então, com muito esforço meu, direcionamento/apoio e looongas horas de treinamentos com a Priscilla Silva estamos aí até hoje.

E eu espero estar por muito tempo por aqui, continuando instruindo nos processos da qualidade das indústrias, uma área que me interessou muito e pretendo buscar amplo conhecimento para acrescentar no crescimento da Prodap.

Agora, aos 22 anos, tenho muitas batalhas para lutar, mas com certeza com todas as oportunidades que a Prodap proporciona já são uma batalha vencida.”

Conheça a história da Mariane Estefne Santos Ferreira, a Mari

A Mariane também é moradora da região da indústria de Santa Luzia, e chegou até a Prodap por indicação do Anderson, que trabalha na manutenção, e passou no nosso processo seletivo, mesmo duvidando de sua capacidade.

Depois que passou, a Mari entrou para a Rede Cidadã para fazer parte do grupo de menores aprendizes e poder trabalhar legalmente conosco, afinal, ela tinha apenas 15 anos quando tudo isso aconteceu, em outubro de 2020.

Mas sua história de sucesso não parou por aí: em agosto de 2021, foi aberta uma vaga para auxiliar administrativo, e a Pri - com um olhar especialista para identificar talentos - convidou a Mari para participar do processo seletivo. No dia 13 de setembro de 2021, Mariane foi contratada e começou um novo capítulo da sua história na Prodap, que com certeza ainda terá muitos outros.

Confira o depoimento da Mariane sobre essa história:

“Bom, o que eu senti quando fui contratada foi uma imensa alegria, porque ser contratada era uma das coisas que eu estava planejando, já que a Prodap é uma empresa incrível.

E por mais que seja a primeira em que estou trabalhando com carteira assinada, a Prodap me recebeu muito bem, e aqui tem pessoas incríveis que admiro muito e que me inspiram por também terem muita satisfação de trabalhar na Prodap.

Tenho uma grande admiração pela empresa, pela forma como ela vai crescendo e como vai evoluindo é admirável de se ver, e eu quero fazer parte desse crescimento, quero ajudar da forma que for possível, dando ideias, evoluindo de cargo, quero agregar com seus conhecimentos, e podendo também aprender, visando sempre está disposta com novos conhecimentos.”

E aí, se identificou com alguma dessas histórias e tem vontade de ser parte do nosso time? Acompanhe nossa página de carreiras e se inscreva para receber conteúdos exclusivos!

Sobre Eduarda Padrão

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se em nossa newsletter