O custo da arroba produzida está cara? Saiba como resolver!

Algumas ações simples podem ajudar a diminuir o custo da produção e aumentar a produtividade da sua fazenda. Confira dicas valiosas para você resolver estes problemas e melhorar os resultados da sua fazenda!
por João Vitor Fernandes em 08/Apr/2021

Cálculo do custo da arroba produzida? Será mesmo que você e sua equipe precisam fazer essa medição periodicamente? A resposta para estas perguntas é sim!

Muitos produtores de gado de corte não sabem qual o custo da arroba produzida na fazenda. Esse é um dado importante para a melhoria da gestão e dos resultados.

Ela interfere diretamente no preço final do seu produto, nos lucros ou prejuízos finais.

Mas afinal, qual o custo da produção em sua propriedade de corte? A sua produção está muito cara? A lucratividade tem diminuído? Neste artigo vamos trazer dicas para você resolver estes problemas e melhorar os resultados da sua fazenda. É só seguir a leitura.

touro nelore

Como calcular o custo da arroba produzida

A arroba do boi gordo funciona como uma moeda de troca para o pecuarista de corte, definido, portanto, a estratégia de venda final.

Além disso, com esse dado você consegue planejar estrategicamente as ações da sua fazenda.

Para chegar ao valor da arroba você precisa fazer alguns cálculos: o primeiro é o cálculo do custo total da produção e o segundo é dividir esse valor pela quantidade de arroba produzida.

Esse é um processo minucioso e nós já fizemos um conteúdo completo sobre como chegar ao valor de cada arroba produzida na fazenda.

Confira: Como calcular o custo de cada arroba produzida em sua fazenda?

Agora que você já entendeu como calcular o custo da arroba e descobriu que ela está realmente cara, vamos entender como diminuir este custo? O primeiro passo é o manejo correto. 

Manejo de pastagem correto

O primeiro e mais importante passo para reduzir o custo da arroba do boi é fazer o manejo de pastagem de forma correta.

Alguns estudos apontam uma diminuição do número de áreas destinadas a pasto no Brasil e o aumento da produtividade. Veja o gráfico abaixo:

area de pastagem vs produtividade

Esse comportamento está relacionado ao melhor uso do solo e o melhor ganho de peso dos animais.

Contudo, mesmo com esses dados e o clima favorável no Brasil, percebemos um baixo aproveitamento e um baixo desempenho animal.

Isso se deve a um manejo ineficaz da pastagem.

Ou seja, índices como tamanho do lote, condições de cercas e bebedouros, entre outros, contribuem para um queda na produção e o encarecimento da arroba.

Nesse sentido, o fundamental é contar com o uso da tecnologia e boas práticas de manejo, para melhorar os resultados da sua fazenda. 

Faça a separação do rebanho e acompanhe a produtividade 

Com um manejo correto e a separação de lotes, você consegue entender melhor as etapas de cria, recria e engorda, oferecendo, portanto, a assistência ideal para cada uma das fases.

Com esse procedimento você diminui o risco de contaminação de bezerros, por exemplo, e tem um controle melhor do rebanho.

Além do controle, com a separação a sua fazenda consegue medir de forma mais eficiente o desempenho de cada animal do rebanho, tendo a possibilidade de descartar aqueles que não apresentam o resultado esperado. 

Lembre-se: um animal que não produz de forma satisfatória pode elevar o custo da arroba produzida na sua fazenda. 

Definição racional do peso de abate

É comum ouvirmos a seguinte máxima: "Coloque o máximo de carcaça possível no seu animal em terminação para melhorar a relação de troca na compra do bezerro”.

Esse é um ponto a se considerar, pois antes é necessário entender qual a estrutura corporal do animal — que varia de acordo com a raça e a região onde o animal é criado.

Portanto, para calcular o peso ideal para o abate, é preciso levar em consideração o potencial de cada indivíduo, para evitar sobrecarga e acabar encarecendo a arroba produzida em sua fazenda.

Saiba mais: Veja como Definir Racionalmente o Peso de Abate na Terminação

Faça a produção da sua própria silagem 

A alimentação é um dos insumos mais caros na produção da fazenda, certo?

Sabemos que uma boa dieta deve ter uma melhor silagem, maior quantidade de grãos, melhor qualidade nutricional com menor necessidade de suplementação.

E uma boa maneira de garantir essa qualidade é produzir a própria silagem.

Essa técnica permite o armazenamento de um alimento nutritivo e com eficiência energética, além de representar uma redução de custos para a sua fazenda e um melhor desempenho dos animais do rebanho.  

boi nelore cocho

Cuide bem das finanças da sua fazenda

Com o custo da arroba produzida sempre em crescimento e as margens de lucro em queda, é preciso que a gestão da sua fazenda passe por um aperfeiçoamento.

Não cabe mais má gestão e falta de planejamento e, muito menos, não utilizar a tecnologia como aliada. A pena para estas falhas você sentirá no bolso.

Nesse sentido, a gestão financeira da sua fazenda precisa ser considerada estratégica e ser feita com toda segurança e munida de dados que o permita tomar as melhores decisões e no momento certo. Ou seja, agora é preciso ir além do fluxo de caixa puro e simples. 

O uso de uma solução para gestão financeira é fundamental para que você tenha controle sobre: 

  • cadastros de entradas e saídas;
  • movimentações financeiras;
  • relatório de gastos;
  • entre outros.

 Veja no vídeo abaixo como o módulo financeiro do Prodap Views funciona e como ele pode te ajudar:

Como vimos, para reduzir o custo da arroba produzida em sua fazenda é necessário planejamento, estratégia e o uso da tecnologia.

O Módulo Compra e Venda do Prodap Views Prime, permite que você tenha controle em todo o fluxo do gado da fazenda, incluindo, cadastro ágil, preço médio pago no período por animal, notas fiscais e muito mais. 

Quer conhecer mais desse módulo e como é a aplicação no seu dia a dia? Fale com um de nossos consultores e veja uma apresentação!

Sobre João Vitor Fernandes

Jornalista e pós-graduando em marketing digital, gestão e negócios.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se em nossa newsletter