Doenças de casco em bovinos: Quais são, causas e como prevenir

As doenças de casco em bovinos é um problema presente em vários rebanhos brasileiros, causando diversos impactos econômico. Confira quais são as principais doenças de casco, quais são as causas e como prevenir este problema!
por Sâmara Paz em 04/Mar/2021

Estima-se, que as doenças dos cascos em bovinos, está entre os principais problemas que acometem os rebanhos brasileiros, sendo responsáveis pela claudicação e pelo impacto econômico negativo sobre a rentabilidade da pecuária mundial.

Veja quais são as principais doenças de casco encontrada nos rebanhos leiteiros.

doenças de casco em bovinos

Causas das doenças de casco em bovinos

O adoecimento dos bovinos por doenças de cascos é mais comum do que se imagina!

Estão mais propensos a desenvolverem as afecções, os bovinos que:

  • caminham sobre superfícies irregulares
  • superficíe com pedregulhos
  • terrenos acidentadas
  • pisos duros e escorregadios
  • pisos sujos e úmidos;
  • higiene incorreta das instalações 

Causada fundamentalmente por quatro fatores: sanitários, genéticos, ambientais e nutricionais.

As doenças de cascos acometem a pecuária de corte, mas atigem sobretudo a pecuária de leite, por possuir sistema intensivo e confinado, que propicia a ocorrência da doença.

Dados apontam que a incidência média no gado de corte é de 5 a 20%, ao ano, e no gado leiteiro de 15% a 35%.

Veja também: Como monitorar e evitar problemas nos cascos das vacas leiteiras?

Prejuízos causados pelas doenças de casco

Como se não bastasse a forte dor e desconforto na locomoção do animal, gerando manqueira, essas afecções acionam um verdadeiro “efeito em cascata” de grandes prejuízos, tais como:

  • Perda de peso, aumentando o risco de doenças metabólicas;

  • Diminuição da produção de leite e carne 

  • Dificuldade em demonstrar cio e diminuição da eficiência reprodutiva.

  • Redução do consumo de alimentos e ingestão de água, tornando o bovino mais frágil;

Saiba mais: Temos um ebook completo com tudo o que você precisa saber sobre a ingestão de água por bovinos!

ingestão de água por bovinos

Segundo estudo, “para cada animal que apresenta a manqueira, a perda diária é em média é de 9 litros de leite. Calculando um prazo de 24 dias para o tratamento do gado doente, o prejuízo beira a casa dos 230L de leite até que ele se recupere”

Proporcionando números preocupantes sobre o ponto de vista econômico e produtivo. Além disso, aumenta a incidência de mastite, gastos com tratamentos, taxa de descarte, podendo chegar, em alguns casos, até na morte do animal. 

Principais doenças

Panarício Interdigital

Conhecida popularmente entre os produtores, é causada por bactérias e é infecciosa.

Em seu diagnóstico, o animal apresenta manqueira ou arrasta uma perna, inchaço vermelho, quente e doloroso entre os dedos.

Embora possa ser diagnosticado em qualquer estação, possui maior incidência no final da primavera e do verão e no início do outono, devido o tempo muito seco ou muito chuvoso.

Laminite

É um processo inflamatório, que tem origem multifatorial e pode ser classificado em aguda, crônica ou subclínica.

Sua causa está diretamente ligada a ingestão excessiva de grãos (dietas com alto níveis de carboidratos e baixa ingestão de fibras) e indiretamente, as condições do ambiente: superlotação e umidade.

Ela acomete estruturas sensíveis da parede do casco do animal e ainda, resulta na claudicação e deformidade permanente do casco.

laminite

Erosão de talão

A ocorrência dessa doença está relacionada à baixa qualidade dos tecidos córneos secundária à laminite e a infecções bacterianas secundárias.

Apresenta fissuras e sulcos, de coloração escura.

Úlcera de sola

Também chamada de pododermatite circunscrita, é associada às doenças Erosão do Talão e Laminite.

Ocorre uma lesão na junção da sola com o bulbo, que por sua vez, se associa a uma zona circunscrita de hemorragia e necrose localizada.

Doença da linha branca

É uma lesão associada à laminite, que ocorre ao longo da linha branca.

Há uma separação da sola e da parede da borda da sola dos animais.

O cório é infectado a partir dessa fissura, depois há a formação de abscessos na subsola. Em casos mais graves, essa enfermidade pode afetar as articulações do animal.

doença da linha branca

Dermatite interdigital

Infecção bacteriana mista da pele que está localizada entre os dígitos dos bovinos e provoca erosão lenta, endurecimento e necrose das fibras, coloração acinzentada e odor desagradável.

É uma doença contagiosa por efeito das bactérias: a Fusobacterium necrophorum e a Bacteroides nodosus.

Podridão de casco

Também chamada de pododermatite, essa afecção é definida como porta de entrada para infecções.

Trata-se de uma infecção necrótica, causada pelas bactérias Fusobacterium necrophorum e o Bacteroides melaninogenicus, que pode ser classificada em subaguda ou aguda e tem origem em lesões na pele interdigital.

Como prevenir as doenças de cascos? 

Para que o tratamento seja eficaz é necessário fornecer um ambiente adequado aos animais: com camas macias, limpo, arejado e seco, evitar traumas em terrenos acidentados e utilizar adequadamente o pedilúvio.

Além disso, solicitar acompanhamento veterinário, para investigar quais foram os principais fatores que desencadearam a afecção, qual o tipo de doença será necessário combater, balanceamento da dieta, os cuidados e medicações adequadas.

É importante ressaltar, que todas as doenças citadas até aqui, comprometem seriamente o desempenho dos animais, por isso, o conforto, bem-estar e a nutrição é fundamental para a saúde dos casco e empregar medidas preventivas - como o casqueamento preventivo e adotar o método de score de locomoção é sempre o “melhor remédio”.

Uma outra forma é ter sempre o acompanhamento da saúde do rebanho por meio de dados confiáveis e seguros. Com a análises desses dados é possivel entender onde está o problema. 

Smartmilk, o melhor software de gestão de rebanhos leiteiros, possui a ferramenta “Análise dos membros/cascos”, que permite uma análise da porcentagem de casos e repetições de claudicação por tipo de lesão, por tempo (mês), por parto, por estado.

Quer saber mais sobre o Prodap Smartmilk? Agende agora uma conversa com um dos nossos consultores!

Sobre Sâmara Paz

Publicitária, especialista em marketing, se envereda todos os dias no planejamento, mas seu coração bate forte pelas palavras. Pessoa reticente que é, não ficou satisfeita com a redação publicitária. Escreve o que sente, pensa e todo o necessário. Vende avião subindo, sorriso e satisfação. Fala de amor, estratégia, marketing e, aqui, pecuária de corte.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se em nossa newsletter