Agentes da transformação: Os talentos do campo - Rafael Mendes

A Prodap é feita de pessoas incríveis que estão revolucionando a pecuária! Para inspirar outras pessoas que acreditam nessa transformação, vamos contar a trajetória de grandes profissionais que nos ajudam a escrever a nossa história.
por Caroline Cabral em 02/Jun/2021

A Prodap é feita de pessoas incríveis que estão revolucionando a pecuária!

Para inspirar outras pessoas que acreditam nessa transformação, vamos contar a trajetória de grandes profissionais que nos ajudam a escrever a nossa história.

Completando onze anos de trajetória com a Prodap, o Rafael MendesDiretor de novos negócios e expansão – Contou como construiu sua jornada de trainee a diretor, um caminho cheio de sonhos grandes (e suas realizações) com a Prodap! 

Quem é Rafael Mendes?

Eu sou bastante adaptável e tento ser melhor para as pessoas a minha volta.

Nasci em uma cidade no interior do Paraná e ainda novo me mudei para o Rio de Janeiro onde vivi por 18 anos, já morei em 7 estados do país, mas isso são outras histórias. Pessoalmente me considero uma pessoa de família, divertido com as pessoas e “turrão” com os problemas. Alguém que quer ajudar as pessoas ao redor. Acredito que as coisas boas acontecem para pessoas boas, assim vou levando minha vida, tentando fazer o bem ao próximo e uma hora esse bem volta para mim. Vivo esse lema sem deixar de dizer o que precisar ser dito para resolver os problemas.  

Como profissional eu sou uma pessoa muito comprometida e focada com o trabalho, principalmente por ser apaixonado pelo que faço. Comumente conto histórias, desafios e curiosidades vividas de onde trabalho (são muitos!). Sempre fui muito fã de trabalhar no meio agro e tenho muito orgulho de pertencer e poder realizar meus sonhos através dessa atuação. Então, toda frente que eu estou trabalhando, seja na liderança de pessoas ou de projetos... Faço com muito amor e dedicação!

Desde o início da minha carreira, em 2010, recém-formado, coloquei algumas metas pra mim mesmo... “Eu quero ser relevante nesse meio! Quero construir algo importante”. Quando saí da casa dos meus pais e fui morar no interior do Maranhão, disse para meu pai que eu tinha a meta de me tornar diretor da empresa, eu ainda iria “sentar naquela cadeira”... Mas não no sentido de cargo, era no sentido de ser mais relevante, esse era o pensamento de onde eu queria chegar. Então, em 2010, comecei minha estratégia de carreira e ações de “tijolinho em tijolinho”.

Qual foi o seu maior desafio em sua carreira?

O meu maior desafio foi começar, não tenho dúvida! Eu me formei na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro em Zootecnia. Em um estado de pouca tradição e cultura agro e por isso eu era até meio “diferente” entre os meus amigos cariocas.

Quando me formei, uma pessoa do RH onde meu pai trabalhava falou sobre uma vaga de Trainee para Ciências Agrárias em Belo Horizonte. A PRODAP era uma empresa bem menor , sediada em uma casa adaptada, tinha pouco mais de 20 colaboradores.

Na época, estava em processo seletivo para um intercâmbio na Austrália, mas me inscrevi na vaga e fui chamado para o processo seletivo. Precisei ir para Belo Horizonte pela primeira vez na minha vida, fiz as dinâmicas e ao final fui entrevistado pelo Bernardo Reis que me perguntou: 'Se for para você ir lá para o Maranhão, você vai?', eu disse que poderia ir para qualquer lugar do mundo! Duas semanas depois a gerente de RH me falou que eu havia passado e que eu deveria ir para o Maranhão na próxima semana para começar.

Nesse mesmo dia, poucas horas depois, recebi a ligação de que também havia passado para o intercâmbio... Essa foi a primeira grande decisão que tive na minha vida profissional. Pensei muito e cheguei a conclusão de que após voltar do intercâmbio gostaria de trabalhar em uma empresa que me encantou como a PRODAP. Resolvi acelerar esse processo... Escolhi a PRODAP!

Mudei-me para o Maranhão, morei um ano em uma fazenda e um ano em Santa Inês, cidade do interior. Essa foi a época que certamente mais aprendi profissionalmente e pessoalmente na minha vida! Passei por muitos desafios pessoais por estar em uma região culturalmente diferente do que eu estava costumado e também por estar longe da minha família... Mas também tive boas surpresas como me aperfeiçoar tecnicamente e desenvolver conhecimentos que eu precisava.

Terminei a faculdade com pouca experiência prática e tive que aprender muito mais no dia a dia. Não foi fácil, meu primeiro cliente foi o maior da PRODAP daquela época. Um trabalho bem desafiador.

Fiquei dois anos no Maranhão depois me mudei para Araguaína no Tocantins. Assumi a supervisão da equipe do Norte que tinha atuação nos estados do Paraná, Maranhão e Tocantins. Eu tinha pessoas muito fortes comigo, além de João Corrêa e o Bernardo Reis que eram grandes apoiadores.

Depois do período no Tocantins assumi mais um desafio e fui convidado a me mudar para Belo Horizonte onde resido desde 2014 e passei por diversas áreas e funções gerenciais, de liderança, estruturei novas áreas e novos conhecimentos para empresa, liderei times comerciais e de atendimento etc. Todo ano é uma grande montanha russa!

Quais são suas dicas para quem está começando hoje?

  1. Tenha a obstinação de chegar aonde quer chegar. Desde o início eu tinhaum objetivo dentro de mim do que eu gostaria de representar e todos os dias eu buscava ficar um pouquinho que fosse mais perto disso. Agora que assumi a diretoria, parei para pensar: estou há onze anos buscando isso.
  2. Cuide do networking e da sua estratégia de carreira gradual. Uma coisa que sempre falo para as pessoas com quem trabalho é: trabalhe e se desenvolva para ser a escolha óbvia quando a hora (oportunidade) chegar. Isso se traduz em se antecipar às oportunidades que podem aparecer, se adaptar rapidamente às mudanças, estar sempre disposto a aprender coisas novas, errar e se reinventar. E cultive a humildade e aprendizado constante.
  3. Então a dica de ouro para quem está começando e saber aonde quer chegar e se divertir durante a jornada também! Além disso, estar em constante aprendizado, errar e aprender faz parte! Isso fará você se adaptar e crescer!

O que é a pecuária do futuro e como seu trabalho vai contribuir para essa pecuária?

Vislumbro a pecuária do futuro que seja ainda mais produtiva, rentável, inovadora e engajada em causas socioambientais de uma forma que consigamos ser reconhecidos mundialmente como aqueles que contribuem para o meio ambiente, para os animais e para produção de alimento sustentável. Acredito que o futuro será feito com sustentabilidade, economia circular, tecnologias de produção e inovação, mostrando que os profissionais da pecuária são pioneiros e muito bem preparados.

Sabe o Chico Bento da turma da Mônica? O Chico Bento era um cara da roça, que segundo a historinha, não sabia nada... Existe muito desse estereótipo nas histórias, essa ideia de que a pessoa que trabalha na fazenda apenas está ali por falta de capacidade para desenvolver outra atividade.Isso criou um pouco de preconceito que o pecuarista é uma pessoa retrógrada, uma pessoa antiga... Quando na verdade, ele conhece de técnicas de produção, finanças, preserva o meio ambiente e constantemente busca novas tecnologias para seu ampliar e melhorar seu negócio!

É claro que ele tem raízes diferentes das pessoas urbanas, mas eu espero muito que a pecuária do futuro mostre mais o valor dessas pessoas e tudo de positivo que existe na história delas. Meu papel é ajudar a mostrar esse valor, achar soluções macro que consigam resolver esses problemas, trazendo sustentabilidade e inovação para construir a pecuária do futuro.

Quanto ao perfil do novo profissional do Agro para atender às novas demandas? Se prepare, esse perfil está mudando ainda mais e mais rápido... A possibilidade e o desenvolvimento de novas tecnologias têm demandado um profissional Agro cada vez mais preparado, analítico, voltado à dados e a pessoas para atender aos constantes desafios. Cientistas de dados, IoT e etc, já são realidade em fazendas de pecuária e agricultura. 

E vamos de peito aberto (como sempre) para mais desafios. Sou grato a muita gente, minha esposa e a meus pais que me ensinaram a ser quem sou! Sou muito grato à PRODAP onde dediquei quase 1/3 da minha vida até agora! Ainda quero fazer muito mais por mim, pelos meus amigos, família, Prodap e pelo agronegócio, afinal  #boilambesaltododia!!!!

 

A Prodap não para de crescer e muitas histórias de sucesso, assim como a do Rafael Mendes, estão acontecendo nesse momento!
Se você acredita na transformação da pecuária e quer embarcar na nossa revolução, da uma conferida em nossas oportunidades em aberto! 
Vem Ser Prodap!

Sobre Caroline Cabral

Psicóloga atuando como HR Planning com foco na gestão da marca empregadora Prodap. Cuidando de experiências para encantar pessoas!

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se em nossa newsletter